fbpx

inspirações

Por que as metas SMART não funcionam?

Carol Tomazetti
Escrito por Carol Tomazetti
baixe aí gratuitamente :::

Produtividade para Criativas e Empreendedoras - o guia completo | ebook

Se você pesquisar no Google agora por como definir metas SMART, você vai encontrar um trilhadão de resultados. Porque diz que essa metodologia é a melhor que existe para se conquistar metas.

Alerta: roteiro invisível do mundo encontrado! Não existe um modelo absoluto melhor a seguir.

Não existe sentimento de satisfação por completo focado no mundo externo.

Por que as metas SMART não funcionam?

O problema com as metas SMART é que elas estão focadas na conquista de um mundo externo. Só que seu mundo externo é um reflexo do seu mundo interno.

Não adianta querer coçar de fora do sapato, se a coceira é interna.

É sobre entender primeiro o que você busca, como quer se sentir, como quer ter a sua experiência de vida. Depois que você entende claramente o que busca, daí é hora de cultivar esses sentimentos todos os dias.

O que você pode fazer hoje para cultivar esses sentimentos?

Só então, é que, se fizer sentido para você, as metas SMART podem ser aplicadas, ou parcialmente aplicadas. No meu modo de ver o mundo, pegue a ideia SMART e aplique do seu jeito, da forma que faz sentido para você.

Imagem: dê um caguei grandão para metas SMART. E faça do seu jeito.

Quando você encontra a sua forma de fazer funcionar, então qualquer coisa funciona.

Comece no seu egoísmo

Isso mesmo que você leu. Comece sendo egoísta, olhando para seu próprio mundo.

Olhe e namore seu mundo interno. Se apaixone por ele.

Comece pelo o que realmente importa para você, como você quer viver, como você quer ter a sua experiência de vida, como quer se sentir.

Depois que você estiver bem resolvida, que estiver cultivando o seu melhor, daí foque em servir.

Só conseguimos dar ao mundo o que temos dentro de nós. 

Desapegue da conquista

Ter que conquistar é o roteiro invísvel mais passado que existe. Dê um caguei grandão para ele.

O mundo não é feito de conquistas. Você não precisa conquistar nada para se sentir amada, ou feliz, ou alegre, ou de sucesso, ou merecedora de alguma coisa.

O mundo é feito da forma que você o deseja que ele seja. Ele feito do seu mais profundo amor.

Não é sobre sonhar mais alto cada vez mais, não é sobre conquistar cada vez mais…

É sobre ser. É ser para ter.

Você não está em busca de um objetivo

O maior roteiro invisível desse mundo é de que o que você procura está de fora de você.

Desde pequenas, somos tão acostumadas a olhar sempre para fora. 

O que os outros vão pensar da gente?

Não podemos fazer isso ou aquilo porque alguém disse que é errado.

Temos que mostrar as nossas melhores notas para os outros.

Temos que nos vestirmos bem de acordo com a opinião de alguém.

E assim seguimos seguindo os roteiros invisíveis do mundo até que surtamos, ou entramos em depressão, porque não conseguimos ver mais sentido nas coisas.

Acontece que a própria depressão é um sinal do seu corpo de que você está no caminho errado. O que você está fazendo agora não está funcionando. (link – as emoções são a bussola)

Se o que está fazendo não está funcionando, então é preciso fazer diferente.

E a minha proposta aqui é encontrar o caminho de volta para a sua alma, para o seu coração, para a sua essência. Porque continuar seguindo o que você deveria ser, não vai te levar para lugar algum.

É por isso que metas SMART não funcionam e as metas cheias de alma funcionam. Porque suas metas cheias de alma vão te levar para o lugar que realmente importa para você. Dentro de você, de encontro com sua alma, de encontro com o grande amor que já existe dentro de você.

O que é definir metas cheias de alma?

Então, ao invés de definir metas SMART eu defino metas cheias de alma. Porque a verdade é que você não está em busca dos objetivos ou das metas em si. Você está em busca da forma em que esses objetivos vão te fazer sentir quando conquistá-los.

Não é sobre a conquista em si, é sobre como irá se sentir com eles.

A grande pegadinha é: se você não consegue se sentir bem e da forma que gostaria de se sentir com esses objetivos agora, esses objetivos não serão realizados.

Calmaí! Vamos por partes…

Como definir metas cheias de alma para a sua vida?

Definir metas cheias de alma é definir a forma que você quer se sentir. Porque a vida é sobre como você reage a ela. Você tem o poder a todo momento de escolher seus sentimentos, de como quer se sentir a qualquer situação da sua vida.

Isso não é sobre procurar a perfeição, ou algum estado absoluto como a felicidade 100% todos os dias. Nã!

É sobre entender os sentimentos que mais gosta de se sentir. Porque, quando você os sente, você gera o objetivo principal: se sentir bem.

Essa é a grande intenção a todos os momentos.

Todas as vezes em que você se encontra em uma situação que não lhe agrada, a reação automática é um desejo intenso de uma mudança, de algo diferente. Porque o próprio contraste da vida te provoca para que você deseje o que quer desejar.

Cada vez que você tem seus desejos, você está buscando um sentimento, uma forma de se sentir com ele. Porque te faz profundamente bem se sentir assim.

Lembre-se de que suas emoções são a sua bússola da direção certa para ter a melhor experiência da sua vida. Emoções negativas te mostram que está em sentido contrário. Emoções positivas te mostram que está no sentido certo.

Quanto mais intensas as suas emoções positivas e mais elevadas, mostram que além do caminho certo, você está indo bem rápido.

Para você começar a entender a forma que mais gosta de se sentir, pegue sua lista de tarefas, de desejos, de metas, de objetivos, de compras… seja qual lista for que você tenha. Não importa.

Pegue a sua lista e olhe item por item. A cada item visualize você com esse objetivo realizado ou com a matéria em mãos. 

Como está se sentindo?

O que esse objetivo significa para você?

Como você se sente usando ou vivendo esse objetivo?

Anote tudo e observe o padrão de como quer se sentir com cada um deles. Esse padrão é o que você tanto busca. 

O que talvez você não saiba é que: você não precisa esperar esse objetivo se realizar ou se materializar para que você possa se sentir assim.

Você pode buscar formas e ações para se sentir assim todos os dias. E o grande pulo do gato é que: quanto mais você sente esse sentimento todos os dias, mais próximo a sua manifestação fica de você. O contrário também é verdade, se você não consegue sentir esses sentimentos na sua jornada, então não tem jornada. Sem jornada, sem resultados.

Fez sentido para você? Como você quer se sentir hoje?

Eaí,

qual o conhecimento que você vai levar para ação? Me conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *