fbpx
Hábitos matinais para ser produtivo. Não faça isso.....

desenvolvimento pessoal post

Hábitos matinais para ser produtivo. Não faça isso.....

Carol Tomazetti
Escrito por Carol Tomazetti
baixe aí gratuitamente :::

Produtividade para Criativas e Empreendedoras - o guia completo | ebook

Hábitos matinais para ser produtiva. Não faça isso…..

Acorde às 5 da manhã, pratique exercícios, faça meditação, não olhe emails… esse é o segredo para uma manhã gloriosa e produtiva de alta performance.

Se você está fazendo exatamente isso, você está comendo bola!

Meu nome é Carol, eu sou empreendedora criativa e todas as vezes que alguém me pergunta se eu tenho os famosos hábitos matinais para ter um dia produtivo, minha vontade é de bater com a cabeça na parede.

A primeira vez em que eu ouvi falar em hábitos matinais foi com o o Scott de Wake up successful – how to increase your energy and achieve any goal with a morning routine e instantaneamente não curti a forma meio que autoritária que o autor trata do assunto.

Porque simplesmente não se aplicava para mim. Esse não é um post de mimimi. É simplesmente um olhar crítico pela rigidez da manhã produtiva em que tanto se fala.

A minha visão sobre qualquer assunto é que sempre uma forma de se fazer funcionar para você. Não existe uma verdade absoluta no mundo e não existe nada que se encaixe 100% para todo mundo.

Nem as manhãs rígidas para trazer mais produtividade estão fora dessa minha filosofia.

Porque cada pessoa é uma pessoa. Única.

Aqui em casa eu e meu esposo somos o contrário um do outro. Ele acorda todos os dias plugado no 220V, conversando que nem uma maritaca e exala energia radiante. Eu acordo emburrada, sonolenta, com o mínimo de energia do dia. Quando chega a noite, o inverso também acontece, eu estou plugada no 220V, com energia cósmica radiante, conversando que nem uma maritaca e com o cérebro a mil. Ele está sugado, despairado e querendo só ficar de boa na dele.

Eu me lembro de uma entrevista em que eu havia visto que o autor dizia que não existia esse papo de corujas, que todo mundo consegue acordar às 5 da madruga para trabalhar e ser mais produtivo. #sóquenão

Eu já tentei várias vezes seguir os super passos para uma manhã super produtiva e a proposta rígida não funcionou para mim. Simples assim.

Então, o meu propósito aqui é te contar o que eu fiz para chegar na minha manhã super produtiva, ou melhor, como começar e ter um dia super produtivo e te mostrar o caminho para que você encontre o seu.

Porque o que vale realmente para você, é desenvolver o que funciona para você. Único.

E quando eu pego essa abordagem, eu quero simplesmente humanizar os processos do nosso dia a dia. E humanizar para mim significa te liberar para ser a melhor forma de você e transformar as suas atividades na sua melhor forma efetiva de ser, não mecanicamente, mas também emocionalmente.

E se você está achando que a minha abordagem é exagerada, ou sem senso, o rei da produtividade Tim Ferris, sempre conta que ele entrevista os top-performances mundiais, testa o hábito dessas pessoas e incorpora para ele o que funciona para ele.

As coisas pequenas são coisas grandes.

Como é seu dia de hoje?

Se você está em busca de melhorar a sua produtividade, você quer melhorar a sua performance. Só que, para saber o que foi melhorado, é preciso medir.

O que é medido pode ser gerenciado! – Peter Drucker

Por que suas manhãs não são produtivas?

O que acontece pela manhã que te rouba tempo?

Para constatar a sua realidade, pegue uma folha e escreva detalhadamente tudo o que você faz pela manhã. Eu sei, é chato. Mas funciona.

O objetivo de colocar no papel tudo o que acontece pela manhã é literalmente constatar a sua realidade atual.

Você vai querer pular essa etapa, vai ficar com preguiça, vai achar que fazer mentalmente funciona… e nada do que eu falar aqui vai funcionar.

Constatar é diferente de imaginar.

Imagine que você foi no shoppping comprar uma roupa. Chegando lá você viu uma roupa linda na vitrine.

Eu te pergunto: você imagina que a roupa vai ficar boa em você corre lá e compra a roupa, ou você experimenta e constata se realmente ela fica boa em você para depois comprar?

É justamente essa ideia… Não basta só imaginar, é preciso constatar.

Por isso, anote tudo o que você faz pela manhã.

Além disso, escreva também como está se sentindo.

Como você se sente ao acordar?

Quando começa as suas atividades, o que está sentindo?

Qual atividade que você faz que altera esses sentimentos que você acabou de contar?

Faça isso para a sua semana inteira, ou até que consiga entender claramente como estão sendo as suas manhãs.

E, se você for como eu, difícil de definir um padrão de horários, faça diferente. Como eu tenho um bebê aqui e não consigo seguir horas certas e cravadas para atividades, eu faço a minha sequência de atividades baseadas em ações, em eventos.

Por exemplo, eu acordo junto com o bebê, dou mamadeira para ele, troco a fralda. Nesse momento, ele já está doido para ir brincar.

Deixo ele brincando e começo a ver os meus emails. (Isso mesmo, a primeira coisa que faço na manhã é ver emails que me interessam.). Não acesso redes sociais, muito menos portais de notícias.

Quando ele dorme, eu executo meu primeiro bloco de rotina: tomo um banho gelado, faço meditação, tomo meu duplo café, reviso meu planner e começo a trabalhar.

Depois de 2 a 3 horas, ele acorda. Então, eu faço meus exercícios intensos, a gente almoça, eu brinco com ele e ficamos juntos até que ele queira dormir de novo.

Quando ele dorme, vou para o meu segundo bloco de rotina: investir meu tempo como se fosse dinheiro, estudar, trabalhar mais.

O que eu quero mostrar com esse exemplo é que eu faço meu fluxo de atividades baseado em eventos, não em horas. Dessa forma funciona para mim porque tenho um bebezão em casa.

Por que você quer aumentar a sua produtividade?

Agora que você já sabe o seu estado atual de produtividade pela manhã, se conte por que quer aumentar a sua produtividade?

Os seus porquês são os guias de realização.

Se você tem porquês suficientes na sua vida, você vai descobrir como conseguir o que você quer. – Tony Robbins

Ao responder esse porquê você está abastecendo a sua alma com o sentido, com combustível, com o propósito de aumentar a sua produtividade.

Não se julgue. Não julgue seus sentimentos. Seja boa com você mesma. Você merece seu carinho e cuidado.

Com o seu porquê em mãos, declare. Declare para você mesma e para o seu mundo o que está procurando.

Escreva no final da sua folha que estava rastreando os seus horários o porquê que está fazendo tudo isso.

Quando eu comecei a minha busca de uma rotina matinal para melhorar a minha produtividade, eu queria realizar meus sonhos. Isso era meu combustível para produzir mais.

E meu propósito de vida, você já está cansada de saber a minha opinião: é ser eu mesma.

Ser verdadeiramente você é a fórmula mais efetiva para o sucesso que existe. – Danielle La Porte

Sonhe e planeje

Você já constatou como são as suas manhãs, já definiu sem julgamentos porque quer aumentar a sua performance, agora vamos sonhar e planejar.

O seu sonho tem uma ligação mais que direta com o seu planejamento e eu vou te mostrar como.

Comece a sonhar com o porquê quer ser mais produtiva.

Qual é esse resultado que está buscando?

Como você se vê e o que você faz com a sua alta produtividade?

Como quer se sentir com tudo isso?

Sonhe. Sonhe alto. Seja irreal. Extravase. Vá além.

Afinal, é um sonho.

Não tente racionalizar seu sonho, se ele é possível ou se o tempo é suficiente. Não racionalize nada.

Permita-se sonhar.

Agora se imagine que seu sonho realizou, você está onde queria estar. Você está fazendo o que queria fazer, está se sentindo como queria se sentir.

Você está no futuro, sentindo todas essas emoções. Está radiante, está feliz. Realizada.

Nesse exato instante, olhe para trás:

O que você fez exatamente para conquistar esse sonho?

Quais foram os passos que você seguiu para chegar ai?

Anote todos os passos, tudo o que lhe vem na cabeça, tudo o que você imaginou. E anote rápido porque todos esses pensamentos vão e vem na velocidade da luz.

O que você precisa fazer para ser mais produtiva?

Quais alterações você sente que precisa ser feito para melhorar a sua produtividade?

O que não está nesse passo a passo que você faz hoje e que deveria ser eliminado?

Esse serão os passos do seu planejamento e todos as suas metas para melhorar a sua produtividade.

Estratégias para aumentar a produtividade pela manhã

Finalmente, depois de definir o objetivo da manhã super produtiva, medir como está hoje e saber para onde está indo, agora é a melhor hora: hora de agir.

É hora de direcionar toda essa energia de mudança para movimentar, para fazer acontecer.

Para cada passo que você definiu para mudar na seção anterior do planejamento, escolha um passo. Bom, pelo menos é dessa forma que eu gosto de fazer.

Eu sempre escolho uma mudança por vez, porque é mais fácil medir, é mais fácil me sentir, saber a minha reação para cada caso.

Para rastrear as novas mudanças, eu coloco no meu planer o que quero mudar TODOS OS DIAS. Já vi muita gente fazendo o rastreio com folhas de pontos. Para cada dia que você faz aquele hábito ou tarefa, você faz um risco e acompanha durante um tempo.

Eu faço diferente… Eu sempre me esqueço de fazer dessa forma. Mas como eu abro o meu planer todos os dias, de manhã e de noite, eu anoto nele mesmo. Eu faço uma contagem daquele hábito. Assim:

Dia 09 de abril – #01 acordar às 5 da manhã

Se nesse dia eu cumpri, dai no próximo dia, eu avanço para o segundo passo:

Dia 10 de abril – #02 acordar às 5 da manhã

Dia 11 de abril – #03 acordar às 5 da manhã

Caso eu não cumpra essa tarefa, eu zero a minha contagem. Eu zero porque eu sou assim, eu gosto de zerar para gerar mais comprometimento meu com ele. Porém, ao mesmo tempo, não sou extremamente rígida para zerar a tarefa. Varia com os acontecimentos. Se eu sentir que tenho que zerar, não hesito e começo do zero.

O objetivo dessa contagem é chegar no número 20, ou seja, 20 dias seguidos. Segundo Charles Digg é o intervalo ideal para o estabelecimento de novos hábitos.

Uma observação: todas as vezes que eu zero muito o meu novo hábito, ou que ele não sai do #01 porque eu não estou fazendo todos os dias, eu entendo como um sinal de aquilo não é para mim ou que não é a hora certa dele acontecer.

Não carrego sentimentos negativos por não conseguir não fazer aquela atividade, apenas encaro que ou não é hora certa ou não é para mim. Desapego!

E pulo para o próximo hábito.
Para cada passo do seu plano, rastreie a sua mudança e verifique:

Essa mudança está te deixando mais perto do seu aumento de produtividade?

Como você está se sentindo com essa nova mudança?

Essa mudança vale a pena? Você está mais produtiva? Está se sentindo bem com ela?

Como você avalia essa mudança de 0 a 10 na sua vida?

estratégia 01 – arrume a sua cama.

Segundo Tim Ferris, o argumento do General William Mc Raven é: “Se você fizer a sua cama todas as manhãs, você terá cumprido a primeira tarefa do seu dia. Isso vai te dar um pequeno senso de orgulho e vai te encorajar a fazer uma nova tarefa e depois outra, depois outra. Pelo final do dia, aquela primeira tarefa completa terá se tornado várias tarefas completas. Fazer a sua cama também vai assegurar que as pequenas coisas na sua vida fazem a diferença.

Para mim, o ato de fazer a cama é lindo. Concordo que ter a primeira tarefa feita ajuda a me sentir bem. Além do meu quarto ficar mais organizado. E, na hora de dormir, é muito confortável retirar o lençol e deitar na cama limpinha, esticadinha e quentinha.

Arrumar a cama, na minha definição, é esticar o lençol e o edredom, com os travesseiros por baixo deles.

estratégia 02 – meditação

Eu gosto de meditar assim que meu bebê dorme. Com ele acordado, impossível ter meditação.

Eu gosto das meditações de energia, que me inspiram, empoderam e que eu saio pulando para começar a trabalhar. Para meditar, eu deito na sacada porque o clima de lá é maravilhoso.

Tem um vento maravilhoso e olhar para o céu com a palmeira bem no cantinho dele é confortável e inspirador. Depois da meditação, eu coloco uma música para me agitar, para sonhar, para me lembrar o porquê que estou trabalhando agora. Eu recapitulo o caminho que estou seguindo, se está alinhado com o que eu estou em busca.

estratégia 03 – duplo café com jejum intermitente

Estou em uma fase de testar o jejum intermitente e tenho adorado os resultados dele. Quando eu acordo, eu tenho aquela sensação ou costume de fome pela manhã.

Para quebrar isso, tomo um café duplo expresso. A fome vai embora na hora. Quando ela volta, de 14 a 16 horas de jejum, dai como ovos com manteiga e espinafre.

A alimentação low carb, além de ser bem saudável (nunca teve tanto legumes e frutas na minha casa), ela me dá muita energia e disposição. E isso vale, principalmente, para após as refeições.

Ela não pesa, não dá aquela vontade de dormir. Parece que eu recarreguei as minhas energias e estou pronta para mais uma rodada.

O jejum intermitente, junto com a low carb, está me dando energia também, além de queimar as minhas gordurinhas.

estratégia 04- 5 minutos de journal

Na noite anterior, eu já escrevi o que eu precisava fazer nesse dia porque eu já descobri que para mim, o melhor planejamento é feito no dia anterior. Eu tenho um planejamento macro da semana. Somente no decorrer da semana, antes do dia, que eu preparo tudo o que eu preciso fazer. Então, eu só dou uma olhada no que eu vou fazer durante o dia.

Também escrevo a minha intenção para o dia: como eu quero me sentir naquele dia?

Esse sentimento é o que me guia, que me dá combustível para trabalhar.

estratégia 05 – exercícios intensos de 14 minutos

Eu decidi fazer os exercícios intensos de 14 minutos aqui em casa mesmo. Ao invés de academia, ou correr no parque, no meu dia a dia, os exercícios que faço são esses.

Nos fim de semana, eu vou para o parque passear e correr.

Esses exercícios consistem em uma série de 3 exercícios e 3 repetições deles em intervalos de 30 segundos. Ou seja, eu faço uma sequência de 3 exercícios, com 30 segundos de duração e 10 segundos de descanso, repetindo essa série 3 vezes para cada exercício. Faço isso 3 vezes.

No total, são 14 minutos de exercícios intensos. Não subestime! É difícil e dá muita energia.

estratégia 06 – investir meu tempo como se fosse dinheiro

Todos os dias eu gosto de investir meu tempo para cursos, leituras e estudos. Porque são esses novos conhecimentos que vão abrir portas daqui a um tempo.

Claro que em alguns dias rola um alerta vermelho aqui, dai preciso executar tarefas urgentes. Quando isso acontece, esse investimento do dia é suspenso automaticamente.

Mas de uma forma geral, estudar me ajuda a ser mais produtiva no meu dia a dia.

Como você vai saber se deu certo?

No nosso primeiro passo, nós fizemos um acordo de rastrear, como já é hoje, para medir a mudança.

Com a sua mudança de produtividade, como você vai saber que chegou nesse objetivo?

Existe uma forma especial de sentimento para esse momento?

Existe alguma coisa material para esse momento?

Como você define que atingiu sua super produtividade?

Eu pergunto esses parâmetros porque você vai seguir várias vezes pela mudança de pequenos hábitos. Depois de vários hábitos mudados, como você vai entender que já é suficiente para o aumento da sua produtividade?

Quando você sentir que chegou onde queria KABUM! objetivo realizado.

Produtividade conquistada!

Gratidão

Para fechar o ciclo para criar a rotina matinal que funciona para você, agradeça.

Agradeça cada detalhe, cada ponto, cada conhecimento, cada tentativa.

Inclusive, todas as vezes em que você sentir algum pensamento negativo, te atrapalhando para seguir em frente com alguma mudança por exemplo, agradeça tudo o que você fez até o momento, tudo o que está ao seu redor.

O ato de agradecer é uma psicologia positiva, é um combustível de energias positivas para o seu cérebro.

Mas não vale ficar agradecendo por coisas gerais: agradeço meu trabalho, agradeço a minha família…

Todo mundo está cansada de saber que somos gratas naturalmente por tudo isso. Vamos além, vamos mais profundo.

Entre nos detalhes, em tudo o que está ao seu redor.

Resumindo… o que você precisa fazer para entender e fazer a sua melhor manhã produtiva?

A melhor rotina matinal para te deixar mais produtiva é aquela que você desenvolve para você mesma, é aquela que você constata que está sendo produtiva.

Nossos passos para identificar e mudar as rotinas matinais foram:

  1. Identificar pontos que podem trazer produtividade para as manhãs
  2. Ver a sua visão de manhã produtiva
  3. Identificar como é atualmente a sua produtividade pela manhã
  4. Definir como gostaria que sua manhã fosse
  5. Sonhe com o que gostaria de fazer com essa produtividade aumentada
  6. Planeje o passo a passo de como vai fazer essa conquista
  7. Elabore as suas estratégias para executar cada um desses passos
  8. Sinta o aumento da sua produtividade
  9. Agradeça por toda a sua experiência

Agora, é a sua vez. Me conte nos comentários abaixo o que você fez que te ajudou a ter uma rotina pela manhã que aumentou a sua produtividade.

Eaí,

qual o conhecimento que você vai levar para ação? Me conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *