fbpx
Como mudar os dias não produtivos?

toda produtiva post

Como mudar os dias não produtivos?

Carol Tomazetti
Escrito por Carol Tomazetti
baixe aí gratuitamente :::

Produtividade para Criativas e Empreendedoras - o guia completo | ebook

como mudar os dias que não são produtivos

“São tantas tarefas diárias, que às vezes me perco e não sei por onde começar e no final do dia eu percebo que não fiz nada produtivo.”

Aline

Você também se sente assim? 

Como você se sente com esses dias não produtivos?

Eu sei muito bem como é esse sentimento de não me sentir bem no final do dia. E o pior, ele se repete todos os dias. Eu cheguei em um tempo que até questionava se eu estava fazendo alguma coisa na minha vida.

Porque no final do ano, eu olhava para trás, e parecia que eu não tinha feito nada.

Esse sentimento que carregava de não me sentir bem era a pior parte. 

Como mudar isso?

Eu vou te mostrar aqui os meus 04 passos para mudar os dias não produtivos e o melhor, me sentir bem todos os dias.

Passo #01: procure algo que você possa fazer para se sentir bem

Nem que seja por 10 minutos por dia. 

Procure um hobby, uma atividade que você ame fazer e faça nem que seja por 10 minutos. Procure esse sentimento de sentir bem dentro de você. É ele que estamos procurando e cultivando.

O conselho que eu mais detestava era: faça exercícios que muda tudo. Eu odiava esse conselho porque eu era uma preguiçosa de carteirinha.

Acontece que vivemos em um planeta dual, uma vez que você compreende que o dualismo está presente em toda a sua vida, você se liberta.

Dentro de nós, temos a dualidade corpo e mente. Nós podemos ativar um quando o outro está precisando, como é nesse caso.

Seu corpo está com energia baixa? Se motive. Gere muitos pensamentos que lhe dê energia.

Sua mente está com energia baixa? Se movimente, mexa o esqueleto. Não precisa ser algo extremo, apenas mova o esqueleto. Tira a bunda do sofá e se mexa, dance, caminhe, corra… o que fizer sentido para você.

Essa ativação de energia já lhe traz também o sentimento de se sentir bem.

Passo #02: Rastreie as suas atividades no seu dia real e anote todas as suas atividades

Se você fizer esse exercício mentalmente, já te adianto que não funciona. Porque existe uma diferença gigante entre a imaginação e a constatação da realidade.

O meu maior exemplo é comprar uma calça. Imagine que você queira comprar uma calça e, por isso, você vai na loja de roupas.

Chegando lá, você já vê que a calça da vitrine é maravilhosa. Eu te pergunto: você imagina que ela vai ficar boa em você e você já paga e leva para casa?

Ou você entra, experimenta a calça e constata que ela é realmente boa para você, para depois pagar e levar para casa?

Essa é a gigante diferença entre imaginar e constatar.

Enquanto você ficar imaginando se seu dia é ou não produtivo, você já perdeu. Porque existe a diferença entre imaginar e constatar.

Eu sei que o exercício é chato. Porém, lembre-se de que você vai fazer isso só um dia, só uma vez. Não é sobre fazer isso todos os dias.

Pegue um caderno, uma folha, um app como o Evernote e anote todas as suas atividades do dia em intervalos de 15 minutos.

Dessa forma, você terá contatado como é a sua realidade de um dia a dia.

Identifique todas as atividades que fazem e não fazem sentido. E também identifique os gargalos de tempo.

Eu instalei no meu celular um app para rastrear o uso do meu celular. Quando eu sai do imaginar que uso muito, para constatar que uso 52 horas por mês de whatsapp, eu enfartei.

Como assim que eu gasto 52 horas por mês de whatsapp?

Com a constatação da realidade, ou consciência do seu tempo real, é que você conseguirá mudar qualquer coisa sobre ele.

Passo #03: Identifique suas prioridades

Qual é o sonho que aquece seu coração?

O que você faz todos os dias para cultivá-lo?

Quais são as suas prioridades agora?

O seu dia está balanceado entre as coisas para os outros e para você mesma?

Lembre-se de que, todas as vezes que você fala sim para alguém, você está falando um não para realizar algo seu.

E sim, às vezes precisamos ser egoístas e priorizar o nosso. Se você não fizer, ninguém o vai.

Não é sobre só fazer para você ou só para fazer para os outros.

É sobre encontrar o balanço entre os dois e começar por você.

É sobre você se sentir bem primeiro, para depois contribuir com o mundo.

Passo #04: Organize o seu tempo com as suas prioridades

Agora, com seu tempo real em mãos, organize o seu tempo.

Rearranje os seus blocos de atividadades de acordo com as suas prioridades.

Faça se sentir bem e realizar seus sonhos a sua prioridades.

Primeiro você, depois o que vier.

E isso não é sobre ser rígida sobre seu tempo.

Pelo contrário, é sobre ser maleável. É sobre você em primeiro lugar, porque se sentindo bem, você consegue gerar mais bem estar na sua vida.

É sobre se organizar para agir, ao invés de ficar à deriva da reação ao que te aparece todos os dias.

Fez sentido para você?

Como você vai implantar esses 04 passos na sua vida para deixar ir embora os dias não produtivos?

Eaí,

qual o conhecimento que você vai levar para ação? Me conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *