fbpx
Como fazer metas que te preenchem e que não te frustram em 2019

desenvolvimento pessoal post

Como fazer metas que te preenchem e que não te frustram em 2019

Carol Tomazetti
Escrito por Carol Tomazetti
baixe aí gratuitamente :::

Produtividade para Criativas e Empreendedoras - o guia completo | ebook

como definir metas que funcionam e que não te frustram em 2019

Eu não sei você, mas chegou outubro e eu já estava planejando 2019. Estava enlouquecida fazendo novos planos e novas ideias.

Esse ano de 2019 foi um tanto peculiar. Hoje posso dizer que foi o ano mais profundo da minha vida. Ele me levou ao fundo do poço. Quando eu achei que estava foda demais, ainda vieram mais 6 metros de merda. Dai, lá embaixo estava eu.

Eu posso chorar pela merda. Porém, eu superei a merda. E isso vale mais do que qualquer um mimimi.

Pois bem… era outubro e eu já estava planejando.

Detalhe: se você quer fazer de 2019 o melhor ano da sua vida, veja isso aqui.

E eu acredito que a parte mais difícil do planejamento, de definir metas e objetivos é entender o que realmente a gente quer, para onde verdadeiramente queremos ir.

Estou falando em nós e, na verdade, sou eu.

Não sei se você também é assim. Talvez seja interessante me contar nos comentários como você lida com suas metas e objetivos. Vou adorar saber se estamos no mesmo barco.

Bom, eu tinha uma visão mais ou menos para onde eu queria ir, porém não tinha uma claridade boa do que eu realmente estava buscando.

E é justamente nessa tal da claridade que estava o problema.

Quanto mais claro ficava para onde eu estava querendo verdadeiramente ir, mais rápido e melhor eu ia. Lindo né.Simples. Poderoso.

E não vou mentir. Não é nada fácil encontrar essa claridade.

Até que eu conheci a Danielle La Porte

E ela dizia que quando estamos buscando um objetivo, não estamos buscando o objetivo em si. Estamos buscando a forma em que esse objetivo vai nos fazer sentir ao conquistá-lo.

O objetivo é fazer metas com o coração.

Portanto, eu comecei a fazer metas com a minha alma.

Ou metas que realmente me preenchem e que não me frustram.

Intenções primárias: me sentir bem.

Então, ao invés de planejar o ano todo, com todos os detalhes minuciosos de tudo o que eu queria fazer, eu comecei primeiro a entender o que eu realmente estava buscando. Eu comecei a definir todos os meus desejos e sentimentos que eu estava em busca.

Para o ano de 2018 eu defini que queria me sentir: poderosa, clara, abundante, alegre.

Então, para te ajudar a encontrar a sua claridade, para que você também possa fazer as suas metas com a alma, eu te pergunto:

O que está buscando?

Quando você sonha, qual é o ponto mais forte do seu sonho?

Como quer se sentir quando conquistar esse sonho | ou esse objetivo?

O que esse objetivo representa para você?

O que esse objetivo representa para as pessoas à sua volta? Como elas vão te ver quando você tiver essa conquista?

Seria interessante você fechar os olhos nesse momento e imagine o seu sonho. Viaje. Aproveite. Se liberte. Não se reprima.

Sonhe o que deseja com a sua maior vontade, com o maior dos seus desejos.

Não se preocupe se é real ou não. Se vai ser muito difícil. Ou se é impossível.

Apenas sonhe. Feche os olhos e sonhe.

A minha segunda pergunta é: quando você está nesse sonho, como você se sente nele?

Qual é o sentimento que você tem nesse sonho?

Como está procurando se sentir?

Como esse objetivo preenche a sua vida?

Esse objetivo está alinhado com o seu propósito?

Esse objetivo está dentro dos seus talentos?

Ele está dentro do seu estado de flow?

lembre-se que nos seus sonhos você está em um ambiente seguro. Você pode sonhar o que quiser, sem qualquer tipo de medo de julgamentos. Só você sabe dos seus desejos mais secretos. E não tem nada de errado em querer o que você quer.

Eu consigo responder essas perguntas facilmente quando imagino e sonho situações específicas. Por exemplo, eu estou doida para trocar de carro. Estou sonhando com ele.

Então, quando eu faço esse exercício, eu me concentro no carro que eu estou buscando.

Como é andar nesse carro?

Como é viajar nesse carro?

Sente o cheirinho de novo dele?

E o volante? E a direção é macia?

Qual é a sensação em dirigir esse carro?

Quando está dirigindo esse carro, como estou me sentindo?

Quando me imagino entrando e saindo desse carro, qual é a minha aparência?

Como estou buscando me sentir?

Você precisa só de 17 segundos para fazer esse exercício. 17 segundos é o tempo suficiente para que sua mente consciente e inconsciente se estabeleça no que você está realmente buscando.

O que eu busco ao trocar de carro é: me sentir poderosa. #semjulgamentos

Dessa forma, eu sei com clareza o que eu estou buscando lá no fundo da minha alma. Literalmente.

Assim, fica mais fácil buscar o que eu quero e fica tudo mais fácil de acontecer.

Tudo flui. Eu estou no meu flow.

flow é quando a gente começa a fazer alguma coisa e não vê o tempo passar. Não tem tempo nem para que os greemilins apareçam. Nós sentimos uma alegria enorme no peito e uma felicidade plena.

Por isso que, para fazer metas que te preenchem e que não te frustram tem um grande objetivo:

Objetivo: se sentir bem!

O que você faz que se sente tão bem?

Quais situações que se sente tão bem?

quando você faz algo que se sente maravilhosa, o flow é inevitável.

Eliminando o que não te faz bem

Olhando para trás, para outros tempos, para outras metas, você já atingiu uma meta que não te deixou mais feliz como gostaria?

Você continuou nessa meta?

Qual seu aprendizado com esse momento?

Observe-se!

No seu dia a dia, eu te desafio a se observar para ver e constatar o que realmente você faz em que se sente bem.
Porque uma coisa é achar e outra é constatar.

Se você vai no shopping e vê uma roupa linda na vitrine você corre lá e já compra porque acha que vai ficar boa?

Ou você experimenta a roupa para constatar que ela realmente é boa para depois prosseguir?

É disso que estou falando… achar e constatar são coisas diferentes.

Se observe no seu dia a dia e constate o sentimento em que você se sente bem.

Qual é esse sentimento?

Em quais situações?

Qual é o padrão que você observa?

O foco não é sobre ter é como realmente irá se sentir quando estiver lá.

Não é errado querer ter. Se estiver alinhado de como você realmente quer se sentir, então será uma meta que irá te preencher e não irá te frustrar.

É começar por dentro.

Gostou do que leu? Venha comigo fazer de 2019 o melhor ano da sua vida.

Eaí,

qual o conhecimento que você vai levar para ação? Me conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Replies to “Como fazer metas que te preenchem e que não te frustram em 2019”

Selma Alves

Quero tentar

Carol Tomazetti

Tente e me conte. É libertador. =)